terça-feira, 17 de março de 2009

Tragédias e comédias de um câncer - Parte V

Essa é bem recente.
Quem passa por um câncer passa também por uma profunda mudança de valores e estilo de vida. Se antes nos entupíamos de porcarias hoje primamos por uma alimentação mais espartana e equilibrada.
Se antes eu era sedentária de carteirinha hoje pratico corrida quase todos os dias e já me matriculei na academia.
Viva a saúde!!
Pois bem, que no dia de nossa estréia na academia Sica e eu, colegas também de recuperação terapêutica (literalmente), fomos direto para a triagem junto com nosso profe Maurício que foi muito querido e nos encheu de elogios. Na hora da "anamnese" - acho essa palavra muito engraçada - ele fez várias perguntas sobre nossas vidas. Cogitou sermos irmãs - acompanhando a linha de raciocínio da minha filha Eduarda, já que nós somos loiras e velhas...Tudo bem, isso já é tema para novas postagens...
Respondemos que não, que éramos vizinhas.

A primeira vítima foi a Sica e, lá no finalzinho da dita o profe pergunta: alguma doença??

Segundos de eletricidade no ar, aquela olhadinha de canto de olho entre a Sica e eu, risadas devidamente abafadas, erguer de sobrancelhas e ela diz: Tive um câncer de pulmão...

Depois de recompor sua cara estupefata o profe pega a segunda vítima - no caso eu - e segue com o ritual de perguntas. Chegando no ítem "doenças" já vou logo dizendo que tive câncer de mama. Não adianta protelar, já me acostumei. Não fico mais constrangida.

Nesse momento o profe reassume sua cara estupefata e diz:
- Puxa, não vou morar na rua de vocês...
Se continuar assim, em pouco tempo, minha rua estará deserta.

6 comentários:

Quem é ela? disse...

Clap, clap, clap!!!
Mas coitado do profe de vocês, heim? Hahahahaha!

Corridas fazem um bem danado pro corpo e pra cabeça! Depois desse post, resolvi tomar vergonha na minha linda cara (agora com um ataque agudo de Rosácea!!!) e correr pra academia encontrar meu eixo again...

Um dia vamos correr juntas, certo?
Beijo na bunda!

Renata (impermeável a) disse...

contar que tenho cancer... virou um esporte....
EScutar o que me falavam.... a cara de piedade...... ou de temor... é sempre engraçado...!!

Agora....que com a graça de DEus, estarei curada... quero contar com ares de vitoria... "tive um cancer e nao morri"
rsrsrsrs...
Ai vão me falar da minha força.. e vou falar... naõ fooi coragem...
é instindo de sobrevivencia!!!


Ontem.... depois de 6 dias da ultima quimio... voltei as caminhadas.... tambem cortei doces... a tal da vida saudavel...

Vale a pena!!!!

Sandra disse...

Ainda bem que a minha rua é a dos Pica-paus, minha vizinhança é um pouco mais distante, he, he ,he....

Bruna Souza disse...

HAUHAuHAuhauhauAHuahuah

o bom humor tem que prevalecer, ainda bem que ele não teve preconceito...ahahahha


vi você no blog do meu namo linfomaniaco, e gostei bastante do seu blog, vou add.

eu tenho um blog contando a trajetória dele...da uma olhada depois.


=* beijo.

Larissa Bohnenberger disse...

Ahahahahahahahahahahah!
Excelente!
Sem comentários!
Bjs!

Simone disse...

Ai, tô aqui rindo de novo, lembrando a cara do profe! rsrsrsr