terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Então é Natal II




Já é, no mínimo, folclórica a minha falta de empatia com o espírito natalino e afins.
Essa época do ano poderia ser um período de reclusão bem proveitoso, mas insistimos em fazer tudo igual. Ano após ano.
Presentes, ceia, jingle bells. Socorroooo!!
Ser obrigada a entrar num clima que não te anima é mais que tedioso. Chega a ser uma certa violência.
Mas, subitamente, entrei no clima de Natal hoje.
Explico.
Prá mim Natal e Ano Novo rimam perfeitamente com faxina, daquelas beeem caprichadas. Arreda, limpa, esfrega. Aquele cansaço no final do dia e uma casa quase nova de novo.
Freud explica, tenho certeza!
Quando criança via minha mãe limpar frenética e incansavelmente a casa nessa época do ano e isso ficou gravado em mim. Talvez como a parte boa do Natal.
Gostaria, sinceramente, de curtir o Natal, mas não consigo. Acho que nasci sem o botãozinho de liga e desliga de festejos com data marcada. Não consigo achar tudo lindo e maravilhoso apenas por estarmos em final de dezembro.
Se alguém tiver alguma dica, tô aceitando.

7 comentários:

Néia (Dulci) disse...

Oi Marilisa, eu penso que é até hipocrisia querer fazer festa, caridade, perdoar, ser feliz, apenas no Natal.
Comemorar é bom sim, dar presentes, fortalecer a fé, desde que não seja somente num dia.
Agora fazer faxina...hum... quem sabe na virada do ano, rsrs.
Beijos

Bloguinho da Zizi disse...

Marilisa
A minha dica é:
SEJA QUEM VC É.
NÃO MUDE.

Você é assim, sem data pra comemorar, então????
Qual o problema? Nenhum.
Simplesmente continue assim.

Feliz todos os dias pra vc.
Saúde e paz, sempre.

Beijo

e-Jonny disse...

Bons tempos aqueles das casas limpas para as Festas, dos presépios enormes, das arvóres com bolas de vidro. Vou guardar pra sempre no meu coração e na minha mente todo o clima natalino de verdade que minha mãe e minha vó materna proporcionaram.
Eu sugiro pra você Super Mari que você curta a limpeza do seu lar, como vc disse, mas não exagere, limpe o suficiente para a sua casa se tornar mais saudável, e o suficiente para que sua casa não se torne uma chatura. ;-)

Beijão!

Mar disse...

Marilisa, penso que tem mais pessoas que pensam iguais a você do que diferente. Natal passou a significar "obrigação". Somos obrigadas a presentear alguém nem que for a si mesma. Foi uma criação de jogada comercial muito boa porque Natal para ser Natal de verdade não poderia significar consumo mas sim, humildade. Temos algo em comum, NÃO GOSTAMOS DO NATAL porque ele não é o que deveria ser muito pelo contrário e.. também não vou te convencer a gostar... muito pelo contrário.
Mas.... FELIZ NATAL Marilisa.

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

Mari, sabe que essa limpezona aqui no Japão é ritual? começa dia 13, com a limpeza nos templos. Depois que tocam uns sinos, todo mundo começa a limpar a casa. dura até o dia 28 e é pra limpar até o fiofó da casa rs. eu tb gosto de fazer isso, começar o ano com a casa limpa e cheirosa

vim deixar um grande abraço e aproveito pra te desejar um excelente natal pra vc e os seus, com mta paz, amor e fraternidade.
E que o novo ano de 2011 seja um ano muito bom!

CarolBorne disse...

A dica é: não resista! Fica bem mais fácil. O problema é lidar com os estrassadinhos de final de ano que dirigem como se estivessem correndo da polícia, atravancam os corredores dos supermercados sem olhar pros lados e te olham com cara de 'quem é esse alien' que tá me desejando feliz Natal?
O resto é molezinha, que nem sentar na gelatina... hehehe!

Anônimo disse...

Querida vizinha e prima , caso ainda não saibas. Para mim é bastante difícil ver somente no Natal as pessoas se solidarizando, sendo empáticas, mas vamos em frente, lidando com a hipocresia, a desumanidade, diariamente neste ano de 2010 e 2011, 2012, 2013....
Não desanimemos. bjks