domingo, 20 de março de 2011

Cadê o final feliz?

Era uma vez uma linda moça que guardou sua virgindade para o dia do casamento e idealizou o sonho de 'felizes para sempre'.
Após a noite de núpcias, por tanto tempo aguardada, só vieram desilusões.
Uma após a outra, durante 26 longos anos de casamento.
Durante esse tempo toda a sorte de provações ela teve.
Dois, ou talvez 3 filhos, do marido fora do casamento, um câncer de mama, muitas humilhações e uma sábia decisão: separação.
De bom mesmo ela levou apenas as duas filhas.
Do momento da decisão de separar, quando descobriu os outros dois possíveis filho do marido, conviveu com um homem quase estranho dentro de casa por alguns meses. Nesse tempo ele parecia duvidar da decisão dela de dar um basta nisso de fato. Tratava a decisão dela com desdém, com deboche. Em sua defesa disse apenas que 'melhor tarado que viado'.
Mas ela é uma mulher de palavra e assim que pode saiu de casa com as duas filhas. Reformou uma casa que sua mãe lhe cedeu e lá foram elas de mala e cuia.
A lua de mel com a felicidade durou pouco: em menos de um mês ele já está fazendo promessas de morte à ela caso descubra que ela tem algo com outra pessoa. Pessoa que nem mesmo existe.
Parece faroeste caboclo, não é? Mas não, é uma história real...e muito real. Ela é minha amiga e está com problemas de pressão devido ao medo.
E então eu me pergunto: onde está o respeito? Onde está o amor? É isso que merece uma mulher que lutou junto à um cafajeste desses durante tantos anos? Ela está condenada à eterna solidão por puro despeito de um ser que se diz homem, que se diz humano?
Cadê o final feliz e o viveram felizes para sempre que povoaram o imaginário daquela mocinha? Se transformou apenas num grande pesadelo?

9 comentários:

Alexandre Mauj Imamura (lostinjapan.tk) disse...

nossa, que história triste...
a vida dela foi só sofrimento. e qdo resolve mudar de vida, o ex fica atrás tentando destruir a vida dela, como ele sempre o fez.

e sua amiga não é famosa pra ir à uma delegacia e o homem ser condenado a manter distancia dela, não é?

q triste isso... tem q ter alguma saída, sua amiga merece ser feliz e livre...

C@rin disse...

Oi, Marilisa

Ando quietinha, um tanto distante das comunidades e blogs, mas sempre que possível vejo as postagens.

Infelizmente acho que sei de quem você está falando. E aquele homem não vai apagar o brilho no olhar e a alegria no jeito de falar dessa amiga lutadora.

Quanto ao comentário acima, de ela não ser famosa e não ter o mesmo tratamento na justiça, não é bem assim. O grande problema é que em nosso país, temos primeiro que provar a violência sofrida para ter amparo da polícia, e não a prevenção dela.

Nossa amiga é forte e vai vencer isso também. Vamos apoiá-la. Nem que seja martelando o teclado dos nossos computadores até mobilizar uma grande parcela da sociedade brasileira e fazer o direito dela valer. Sozinhas não temos voz, mas juntas, podemos mudar tudo.

Grande abraço e fé na vida.

Carin

Bloguinho da Zizi disse...

Marilisa
quanta desilusão...
quanto egoismo...
Infelizmente existe muito disso no mundo.
Mas há que se movimentar, ter ação pra gerar uma reação.
Boa sorte a ela.
Beijinho

Carla Farinazzi disse...

Oi Marilisa

Uma história realmente triste, e quantas e quantas mulheres não passam por isso todos os dias?
Eu mesma fui uma delas... A sorte é que o tempo passa a nosso favor. A gente às vezes fica meio perdida, meio insegura, assustada até. Mas a força vem de dentro, daquilo que somos, da nossa vontade de seguir em frente, garantindo aquilo que é melhor pra nós.
Que sua amiga seja forte, muito forte, e consiga dar um basta nesse sujeito que já tomou muito tempo (sentimentos, emoções, vida) dela. Torço por isso.

Beijos

Carla

Luiz Fernando disse...

Retribuindo a visita...

Muito legal o blog, parabens...

Já me tornei seguidor...

Até...

Bloguinho da Zizi disse...

Marilisa
vim aqui agradecer o teu carinho.
E saiba que tudo lá no bloguinho é nosso.
Bom ter você neste mundão.
beijinho

Rejane-Enajer disse...

Esta é a história triste e horripilante de um mundão de fêmeas no mundo afora, mas essa conseguiu sair , portanto, irá fazer a diferença.Tenho um prima, que precisou contratar um segurança durante dois anos ,por das causa das ameaças do ex-marido.Diz para tua amiga rezar, rezar muito, por ele-parece um contradição ,mas quem mais sairá ganhando é ela.Ela vencerá!O tempo é nosso aliado e Deus garante nossos desejos.Um xero linda!!

Larissa Bohnenberger disse...

É chocante, mas a quantidade de psicopatas enrustidos que não sabem levar um pé na bunda neste mundo é imensa. Espero que sua amiga consiga se livrar dele, para poder viver em paz.

Bjs!

Fernanda disse...

Talvez o "feliz para sempre" dela estaja começando, apesar do fato de a felicidade de uns incomodar a outros.