sábado, 7 de março de 2009

Templos Vazios

Lamentável a postura da igreja católica frente ao aborto realizado na menina piauense de 09 anos de idade estuprada pelo padrasto desde os 06. Lamentável e arbitrária. As únicas pessoas que tentaram proteger essa menina foram sumariamente excomungadas.
Em contrapartida o "padrasto" que, teoricamente, seria a pessoa responsável por zelar pela vida e segurança dessa menina, mas que estuprou-a por 03 anos seguidos, continua livre para frequentar a igreja, comungar e, que sabe até, abordar novas vítimas dentro do Templo Sagrado do catolicismo
Para tanto a igreja se coloca à favor da vida. Sim, mas da vida de quem? Será que levaram em conta a vida dessa futura "mãe" que teria seus corpo dilacerado por uma gravidez precoce e dupla. Que teria seus sonhos, projetos e infância abortados pela carga que a maternidade impõe?
Meu Deus, fico abismada com tanta hipocrisia!!
Em qualquer caso de risco se decide pela vida da mãe, por que não nesse??
Alguém tem notícias dos padres pedófilos?? Algum deles foi excomungado??
Eu, pessoalmente, sou contra o aborto, e vejo a realização desse com tristeza, mas sejamos realistas: Não seria um estupro duplo obrigar uma Criança de 09 anos a ter que parir os filhos do paria? Abdicar de toda a sua própria vida em nome de uma igreja que quer apenas impor sua vontade goela abaixo?
Meu pai foi padre, tenho amigos padres e sei que nem todos pensam da mesma forma, mas a esses não é dada a palavra.
Essa criança é tão inocente quanto os gêmeos que trazia no ventre e esses seriam apenas novas futuras vítimas da fome, da falta de instrução, da violência e quem sabe até do mesmo "avô/pai/padrasto".
Nesse caso a excomunhão é motivo de orgulho e explica perfeitamente os Templos vazios.

5 comentários:

Simone disse...

Pegando o gancho a última frase: "A excomunhãoé motivo de orgulho..." Sim, que se orgulhem os excomungados, pois foram os únicos que demonstraram entender a plenitude do amor de Deus, protegendo destemidamente o bem-estar dessa pequena vítima em vez de se renderem à pressão de uma igreja que freqüentemente dá sinais de ainda viver na Idade Média!

Quem é ela? disse...

A igreja católica não me surpreende mais, ainda que tenha tido essa atitude ridícula e risível. É tão estúpida quanto a justificativa ignorante de tentar proibir as pesquisas com células tronco embrionárias!

Que explodam os velhos urubus do Vaticano e toda essa hipócrita catrefa católica que ainda acredita neles! Agora com licença, que eu vou dar uma volta de vassoura.

Renata (impermeável a) disse...

como católica e praticante, tambem fiquei revoltada...
nao sabia nem como expressar minha revolta..

Sandra disse...

Minha opinião não é diferente da tua.
Acho muita hipocresia daquele religioso condenar uma atitude a favor da vida, visto que a menina corria risco de morte, quando existe tanta lama dentro da própria Igreja católica.
Mari, é muito merecido a indicação do teu blog para premiação. Tu consegues expressar teus sentimentos de maneira clara, objetiva e com alta dose de positivismo. PARABÉNS!

Larissa Bohnenberger disse...

Sem comentários!
Absurdo é pouco.
É por esse tipo de pensamento e atitudes, que encorajam infelizes pedófilos e estupradores a continuarem fazendo o que bem quiserem, que a humanidade não deu e nem nunca vai dar certo. E mais uma coisa. A mãe desta menina merecia uma coça. Não admito nem nunca admitirei a desculpa de que uma mãe 'não sabe' o que acontece com os próprios filhos, dentro da própria casa.