domingo, 16 de maio de 2010

Despedida à cinofilia

Depois de oito anos de dedicação séria e exclusiva à criação da raça pug anuncio, para os próximos meses, minha despedida à cinofilia.
A decisão foi exaustivamente pensada e repensada até que chegasse a firme e irrevogável decisão de não mais criar pugs.
No decorrer desses oito anos aprendi sobre muitos aspectos da criação séria e dedicada.
Aprendi que não somos os únicos donos de nossas vidas e que o trabalho é pesado e duro.
Aprendi a me doar sem a expectativa de nada em troca.
Aprendi a dizer adeus.
Mas sobretudo, aprendi que podemos encontrar o olhar de Deus através dos olhos de um cão quando ele olha dentro dos nossos olhos e, sem poder emitir uma frase, nos fala ao coração.
Ele consegue nos amar com tamanha dedicação e abandono, como nenhum ser humano conseguiria.
No decorrer desses oito anos foram muitos os cães que estiveram lado a lado comigo. Lembro, sem titubear, de cada um: seu nome, suas manias, seu olhar.
Cada um foi único e individual.
Os filhotes são um capitulo à parte nessa história, pois depois de incontáveis ninhadas, uns se perdem em meios aos outros, mas nada substitui a alegria que cada filhote proporciona quando dá seus primeiros passos desajeitados ou quando abre seus olhinhos para o mundo e sabemos que sua primeira visão foi a nossa.
Tudo isso deixará muita saudade, tenho certeza.
No decorrer desses oito anos criei também uma dívida muito grande com pessoas que estiveram ao meu lado dando apoio profissional, de amizade e amor.
Gostaria de aproveitar o momento e agradecer a Clínica veterinária Fertivida, nas pessoas da Dra. Mariana Neuls, Alexandre Craveiro e Marianne Lamprecht, pelos cuidados, ajudas e paciência.
A Lilia Maria da Silva, proprietária do Canil São José D´Ouro, por toda a amizade e sábio ensinamento que me passou quando eu ensaiava meus primeiros passos nessa jornada.
Finalmente, e tenho certeza que esse agradecimento jamais será tão extenso como deveria, ao meu marido e filhos, que estiveram presentes em minha vida enquanto eu estava ausente da vida deles, cuidando dos pugs.
Aos clientes e amigos o meu carinho e muito obrigada por tudo.

5 comentários:

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

Encerrar uma etapa de vida, despedidas, etc. não são fáceis.
Mas pelo pouco que conheço de vc, sei que deve ter sido algo muito bem pensado, que vc refletiu muito.

Achei muito bonito o registro de agradecimento, o seu parecer sobre a experiência. E desejo a vc e sua família muita boa sorte nos novos rumos a seguir.

Boa semana pra vc! bjos e fiquem com Deus

Desconstruindo a Mãe disse...

Oi, um coração "cachorreiro" acaba fazendo opções que nem sempre são as mais práticas e acabam nos prendendo a um compromisso, tanto quanto é uma paixão.

Entendo bem, porque Patrick e Bob Esponja estão ficando coroas e demandando outros cuidados que às vezes desgastam muito...

Se despedir e vê-los senescer não é moleza... A gente se envolve e também sofre. Como se eles fossem parte de nós... Família.

Faz parte, né?

Mudando de assunto:hoje começou a corrida pro sorteio lá no www.desconstruindoamae.blogspot.com !
Beijo, cuida desse coração.
Ingrid

Renata (impermeável a) disse...

Olha... Boa sorte nesta nova fase e parabéns pela força da mudança.



beijos.

Rejane-Enajer disse...

O Alexandre lá em cima disse tudo que eu gostaria de dizer , só acrescento uma coisa: você é uma pessoa muito especial .
Por essa e por tantas, estou preparando a minha lista de Blogs para enviar um selinho e vc está dentro.Aguarde!!
Um bjãoooooooooo

Rejane-Enajer disse...

Garota linda, seu selinho tá lá no meu cantinho de amor ou se você preferir no meu cantinho Espiritual(ganhei dobrado-rsrs)ok?
Um bjãoooooooo