quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Era apenas um concurso...

...daqueles promocionais, que a gente vê na TV quase todos os dias. Neste caso, para escolher o melhor churrasqueiro do estado, que ganharia ao final o título “Espeto de Ouro”.

O filho, sabendo da paixão do pai gaúcho por churrasqueiras, espetos, grelhas e afins, resolveu fazer a inscrição sem ele saber. Uma brincadeira, apenas.

E começa o concurso: os tres primeiros que conseguissem mais votos iriam para a final. Até aí nada demais...Nada não fossem os dois candidatos mais “fortes” da capital, enquanto o referido amigo mora em uma cidade pequena. Nada demais se os candidatos não tivessem uma quantidade de votos diária que não seria humanamente possível obter. Se não deixassem recadinhos debochados em sites de relacionamento. Se não usassem sistemas de aceleração de votação indevidamente enquanto o coitado do churrasqueiro e sua família quase apagavam as impressões digitais de tanto votar de um em um...

Mas aí é que entra o que máquina nenhuma pode vencer: a força da amizade. Amigos reais e virtuais unidos para realizar o sonho do amigo. Filho lutando para dar esse título ao pai. Filha abrindo mão das férias para votar. Companheira quase tento um ataque de nervos de tanto apertar teclinhas. Porque amizade é assim. O sonho do outro é compartilhado, e lutamos por ele como se nosso fosse.

Por mais de um mês turnos de votação foram organizados, indignação contra possíveis complôs surgiam a cada segundo, chuvas de emails de protesto para os organizadores do concurso, pessoas parando para um cafezinho e “voltando já”, filha recem nascida mamando enquanto a mãe digitava famigeradas letrinhas de confirmação. Site falhando, gritos de raiva. Site voltando, risadas de alívio. Sempre vigiando os votos “deles” para evitar novas armações. E vinham votos de norte a sul do país...sim, a amizade encurta distâncias. Algumas vezes o churrasqueiro estava lá na frente, mas “eles” chegavam atropelando candidatos e sonhos. Mas não conseguiram detonar o fiozinho de esperança e desejo de ver o compadre feliz.

Hoje chegou ao fim a primeira parte...

Você deve estar perguntando sobre a colocação. Sim, o nosso churrasqueiro ficou em terceiro lugar e vai para a final. Mas isso agora ficou pequeno diante do tempo em que estivemos tão próximos compartilhando o sonho.

E o prêmio? Ah, nem queira saber...Uns apetrechos para o preparo de churrasco, uns produtos da marca patrocinadora do concurso. E isso não é nada importanthttp://www.blogger.com/img/blank.gife também.

O que vale mais que sorrisos divididos, lágrimas compartilhadas, teimosia que não se deixa vencer pelos mais fortes?

Se ele irá vencer? Só o tempo nos dirá, mas tenho a impressão de que isso já não significa tanto assim, visto que o grande prêmio se fez a diversas mãos e foi entregue todos os dias, durante um mês inteiro.

Esse texto foi escrito pela Fernanda Villas Boas, da comunidade Cancer, vai se...#&*%!§¢£ e do blog Pote de Pavaras e vivemos tudo isso ai que ela falou junto com mais um monte de gente!

5 comentários:

Malu disse...

Amiga, saudades,
Hoje estou passando apenas para lhe fazer um convite.
Estou falando do www.superlinks.blog.br que é um site agregador que vale a pena visitar, pois é mais um espaço no qual você poderá publicar seus links de matérias, pois é um site sério e com critérios bem positivos.
Espero que goste da dica.
Um grande abraço

Dri Viaro disse...

amiga, saudades de vc!

muito bom o texto.

beijos

Dri Viaro disse...

Amiga, tenha uma otima tarde

beijos

Isabella (Bebel) Magalhães disse...

tem selinho no Vitrine para vc bjs

Blog da Terezinha Sobreira de VS disse...

Olá, Marilisa!
A união faz a força. Neste caso, a amizade também pesou muito. Sem elas, não se consegue ir muito longe.
Aproveito para convidá-la a seguir meu Blog (tive que modificá-lo). http://terezinhasobreiravs.blogspot.com.
Blog da Terezinha Sobreira de VS. A cada postagem a página da web ia repetindo tudo e não entendo o porquê.
Abraços